JCC - Jornal de Ciências Criminais


APRESENTAÇÃO

 

Essencialmente, o JCC estará centrado em duas missões com pontos de interseção específicos: i. Divulgação ampla e aberta de textos científicos de alta qualidade técnica sobre problemas concretos e/ou diálogo com a jurisprudência no âmbito das Ciências Criminais; ii.  Aproximação entre o debate acadêmico e a  jurisprudência para a construção de um sistema penal racional.

Com acesso livre e imediato ao seu conteúdo, O JCC é expressão do compromisso do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), fundado em outubro de 1992, com a democratização do conhecimento científico.

Deste modo, o JCC adotará periodicidade quadrimestral em formato digital e, a partir de 2018, passará a ter publicação física anual, reunindo artigos publicados nos três últimos números, com no mínimo de 14 artigos, a ser editada pelo IBCCRIM.

A submissão de textos ao processo de avaliação, terá o caráter de fluxo contínuo. Portanto, estará disponível para a recepção de artigos permanentemente.

A avaliação será realizada por pares (double-blind peer review) e será distribuída entre os avaliadores, a partir das temáticas e objetos específicos dos trabalhos submetidos, e em compatibilidade com a área de domínio dos pareceristas.

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

EDITAL – CHAMADA DE ARTIGOS – 2017

 

Com o objetivo de ampliar a sua abrangência e a qualidade dos artigos científicos publicados, a equipe editorial do Jornal de Ciências Criminais (JCC) divulga edital público de chamada de autoras e autores que serão publicados nos próximos volumes.

A submissão dos textos deve ser feita pelo sistema online da revista. Os textos devem respeitar todas as regras determinadas na Política Editorial e nas Diretrizes para Autores do JCC, de modo que sua desatenção acarretará rejeição preliminar:

  • link
  • link

Haverá avaliação por meio do sistema de double blind peer review e serão respeitadas as diretrizes da Qualis/CAPES, como a exogenia de autores e pareceristas, o que limita a participação de pesquisadores do estado de São Paulo a 25% do total.

Serão aceitos trabalhos nas seguintes modalidades: direito penal e processual penal que discorram sobre problemas concretos e/ou diálogo com a jurisprudência no âmbito das Ciências Criminais. Os trabalhos serão recebidos até 10 de novembro de 2017.


_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


EDITAL – CHAMADA DE PARECERISTAS AVALIADORES – 2017

 

O Jornal de Ciências Criminais (JCC), convida pesquisadores que preencham os requisitos abaixo para seleção de novos membros ao Corpo de Avaliadores: 

  • possuir currículo LATTES atualizado (se brasileiro);
  • possuir a titulação de doutor ou estar cursando doutorado em Direito ou áreas afins;
  • possuir conhecimento específico acerca das ciências criminais, demonstrado a partir de titulação, experiência na pesquisa e docência ou sólida produção bibliográfica, relacionados à área das ciências criminais;
  • atestar disponibilidade para a realização de dois pareceres por bimestre com respeito aos prazos e regras do JCC;
  • ter ciência e concordar com as Diretrizes aos Avaliadores do JCC, disponível em: link

Interessados em compor o corpo de pareceristas e contribuir com o JCC, que cumpram os requisitos acima, deverão enviar e-mail para jcc@ibccrim.br e título “JCC – PARECERISTA”, indicando as seguintes informações:

a)      Nome completo

b)     E-mail para contato

c)      Titulação (com ano de obtenção)

d)     Vinculação institucional

e)      Área de interesse: direito penal e/ou processo penal.

f)       Idiomas aptos para avaliação.

g)      Link currículo LATTES

A atividade não é remunerada e em contrapartida os Avaliadores receberão uma declaração pela função acadêmica desempenhada. Não é necessário ser associado ao IBCCRIM.

Em razão dos limites determinados pela Qualis/CAPES em relação à exogenia de avaliadores, as vagas para novos membros vinculados ao estado de São Paulo serão reduzidas.